MATEMÁGICAS

MATEMÁGICAS
Como se tornar um matemágico de sucesso.

NÚMEROS

NÚMEROS
Conheça o maravilhoso universo dos números

DESAFIOS

DESAFIOS
Encontre e descubra aqui o seu nível de desafio

RECREIO

RECREIO
Matemática no recreio tem tudo a ver. Divirta-se!

Seguidores

domingo, 3 de março de 2013

VELHOS BORDÕES E... NOVAS INVENÇÕES!!!!!

Olá, leitores amigos!!!!

Gosto de procurar na WWW em blogs e sites, postagens de antigos filmes, seriados e programas do rádio e TV. Por que faço isto???? Para relembrar imagens, sons, fatos, personagens, usos e costumes daquelas épocas e enfim, consultar os registros da história, para comparar e avaliar o andamento do nosso cotidiano, das nossas ações no tempo presente!!!! Não perca a sua história, pois, terás perdido o teu maior mestre!!!!
Eu nunca fui contra os avanços do conhecimento científico, do crescimento tecnológico e até dos modismos (embora,. não acompanhe as modas)!!!! Mas, não concordo que deixemos de lado, conhecimentos, técnicas, métodos e outras conquistas do passado para dependermos unicamente e principalmente do poder das máquinas!!!!



Então, para comparar os programas de humor da minha época, com os programas de humor que se faz hoje, claro, naveguei nos mares da internet, num rapidíssimo barco, um  navegador da web e... pude matar a saudade de vários programas da televisão!!!! Entre eles eu revi os quadros humorísticos de um mestre na arte do bom humor, senão outro, como o Chico Anísio e o programa era... "A escolinha do professor Raimundo"!!!!



Ali no programa, chovia bordões, pois cada um dos personagens tinha o seu, inclusive o professor Raimundo, cujo bordão era: "e o salário, oh!!!!", era dito pelo Chico ao encerrar o quadro da "escolinha", um dos meus preferidos!!!!



Nesse mesmo quadro, onde diversos alunos, um a um, eram chamados pelo professor Raimundo, para que respondessem oralmente frente à toda a classe, as suas perguntas, havia um deles de nome... Joselino Barbacena, um mineirinho capiau que sempre reclamava quando era chamado pelo mestre e, inventava uma explicações estapafúrdias para responder às questões. Era muito hilário!!!!
Acontece que estava na hora de publicar mais uma postagem no meu blog e... tive a ideia de utilizar essa, lembrança dos bordões, sendo que, para o que eu pretendia lançar no post, o bordão eleito foi o do personagem Joselino Barbacena, onde eu faço uma paródia humorística... Joselino/Newton e o professor Raimundo/eu, para trazer mais elementos sobre o uso daqueles algoritmos criados por mim, para

                   Universos paralelos

desenvolvermos os produtos notáveis (que eram "imexíveis") que foram legados pelo físico/matemático inglês... Sir Isaac Newton!!!!

       Qual é o algoritmo usado aqui, para calcular essas áreas????


    Qual é o algoritmo usado aqui, para calcular esses volumes????

Para quem quiser rever esse inesquecível programa de humor, caso sejamos da mesma idade, ou ter a curiosidade de ver e/ou saber que "bordões" (citações, exclamações e/ou frases) são esses, poderá acessar o link...     

                   http://www.escolinhadoprofessorraimundo.blogspot.com.br/2011/02/elenco-do-programa-e-frases.html

Obrigado, amigos!!!! Espero que gostem dessa postagem e... que tal???? Quando escreverem um comentário sobre ela, citarem os nomes dos algoritmos que eu usei para desenvolver os cálculos???? 
Quero ver quem consegue!!!! Até breve!!!!

Um abraço!!!!!   

Artigos Relacionados

10 comentários:

CLEIDES disse...

Boa Noite!
Faço parte dos Educadores Multiplicadores e passei aqui para conhecer o seu Blog e achei tudo muito interessante. Parabéns!
Estou te seguindo. Aguardo a sua visita. Abraços
http://professoracleides.blogspot.com.br/
http://cleidespedagoga.blogspot.com.br/

3 de março de 2013 18:38
Francisco Valdir disse...

Olá, Profa Cleides!!!!
Bom dia!!!!

Obrigado!!!! São Francisco diz na sua oração que... "é dando que se recebe" e, assim eu estou aqui, retribuindo a visita que fez ao meu blog, também em o estar seguindo e tecendo elogios ao meu projeto o blog... http:/www.matemagicasenumeros.blogspot.com.br

Ainda não tive a oportunidade (tempo) para ler todos os seus posts, mas, esse aqui, é um "abre-alas" já anunciando que o seu blog é do bem e, para isso, dá a receita (os passos) de como fazermos para atingirmos rápido e com segurança esse estado de benevolência e retidão!!!!
Vejo que tens um acervo muito grande de artigos e pretendo vê-los com mais calma!!!!

Espero que retornes mais vezes ao Matemágicas e Números e, vamos que vamos, multiplicar os conhecimentos que libertam as mentes e garantem a sustentabilidade da vida sobre a Terra!!!!

Até breve!!!!

Um abraço!!!!!

4 de março de 2013 03:04
Jairo Grossi disse...

Professor Valdir:
Este foi um dos últimos programas de humor que eu ainda conseguia assistir na TV. De lá pra cá está difícil encontrar alguma coisa que me prenda na frente da TV.
Tenho saudade da Praça da Alegria, de Manoel de Nóbrega, que eu assitia em preto e branco com minha mãe, quando ainda era bem novo. Naquela Praça da Alegria, da década de 60, havia um tipo de humor ingênuo, sem apelações de mulheres quase nuas mostrando a bunda para dar audiência, como faz O Pânico na TV e A Praça é Nossa hoje em dia. Falar verdade nem sei se é assim ainda porque eu realmente tenho assistido muito pouco TV. Na maior parte do tempo, vejo os canais History, Discovery, Curta, TV Brasil.

Teve um tempo em que as crianças podiam assistir programas humorísticos com os pais, sem que estes últimos ficassem constrangidos com insinuações eróticas e outras de infidelidade, como se isso fosse uma coisa normal na vida de um casal.

Sim...pode dizer...é um papo de velho já, não é? Bom...vou fazer 53 este ano, e se for velho é ter saudade desta TV pública que citei, podem dizer que estou ficando velho mesmo.

Lembro-me de uma velha surda na Praça da Alegria que sentava no banco e deixava um outro sujeito maluco, por entender tudo errado o que ele falava. Tinha também um leitor que sentava do lado de Manoel de Nóbrega e começava a ler um livro, e de repente dava longas gargalhadas, despertando a curiosidade do Manoel, mas que na verdade lia o livro tudo errado, pois era semi-analfabeto. Este ator, que não me lembro agora, foi lembrado por Chico Anísio, na Escolinha.
Lembro-me do Ronald Golias gritando:
"O Cride!!! Fala pa mãe..."
Me lembro de Jô Soares, quando ainda não estava vendido para a Globo, fazendo um personagem de um alemão, muito chato. Na verdade, Jô era apenas um coadjuvante, e ainda um humorista um tanto fraco.

Lembro-me também de um personagem que gostava das coisas muito bem explicadinhas, nos seus mííninimos detalhes.

Bons tempos, meu amigo.
Bons tempos, mas acho que o mais gostoso para mim, era ver naquela época a minha mãe dando risadas com aqueles personagens e aquele humor ingênuo. Eu ficava muito feliz em vê-la sorrindo. E até hoje, quando vou visitá-la, tento conversar com ela sobre coisas engraçadas, só pra vê-la sorrindo. Acho que o meu lado alegre devo a ela, pois meu pai era muito sério.

Acho que fugi um pouco do tema do post, mas me deu vontade de escrever, e infelizmente, os últimos remanescentes desse humor ingênuo, porém inteligente, como Chico Anísio, estão indo embora para sempre. Que pena.

Abraço.

4 de março de 2013 16:25
Francisco Valdir disse...

Olá, Jairo!!!!

Boas, senão... ótimas lembranças e, também sou da mesma opinião quanto à qualidade e o cuidado de se apresentar quadros humorísticos não apelativos!!!!
Lembro bem de todos esses programas que você falou, bem como, de vários personagens hilários e, ainda bem, que existe a internet para podermos (os saudosistas) resgatar esses registros da arte do humor brasileiro!!!!

Obrigado, Jairo... por enriquecer esse meu post, tecendo seus pontos de vista, suas lembranças e enfim, depoimentos da sua vida e dos seus pais!!!!

O amigo com 53 anos, em plena forma física e mental, então quem considerá-lo um velho, diria que eu seria... o Matusalém!!!! Mas, não liga não!!!! Por exemplo, faz mais de 25 anos, eu fui considerado um "papagaio velho que não aprende, mas, presta uma atenção!!!!!", rsrsrsrs!!!!! Fiz o que???? Continuei vivendo como vivia e, quase fico velho mesmo, mas foi de esperar, que eles resolvessem uns desafios que lancei para gente jovem, como um tal de..."BIG SUSTO". KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!!!!!!!!!!!!

Muita saúde e paz para você e a família, parceiro!!!! Até breve!!!!

Um abraço!!!!!

4 de março de 2013 18:09
Gracita disse...

Olá colega Educador Francisco Valdir!
Venho agradecer sua maravilhosa interação no meu blog. As suas palavras acerca da entrevista do "Fala Multiplicador" Me deixaram orgulhosas. É simplesmente divino ter alguém que comunga das nossas ideias. Recebê-lo no blog e ler tuas palavras foi uma grande honra. Fiquei lisonjeada! Obrigada viu! Eu não sou uma pessoa muito racional e a matemática sempre me assusta, mas admiro a forma pela qual você o desenvolve. Parabéns amigo! E hoje venho te fazer um pedido. Eu estou participando da 2ª gincana no blog Ô Trocyn Bão”com o poema “Mulher... Obra perfeita” . Venho pedir o teu voto. Acesse o link http://www.riosul2012.com/2013/03/sou-mulher-gracita.html e leia o poema. Se achar que mereço vote em “Gracita” na lateral esquerda do blog. Grata pela atenção e carinho que sempre demonstra por mim.
Beijinhos com ternura
Gracita

6 de março de 2013 09:52
Francisco Valdir disse...

Olá, Gracita!!!! Boa noite!!!! Obrigado, você é muito gentil e é de fato, uma graça!!!! Eu fuji lá no blog Ô Trocyn Bão e já votei no seu gracioso e lindo poema, deixei um comentário e espero que venças!!!! Em... http://lereaprendersorrindo.blogspot.com.br/2013/02/um-bom-dia-florido.html#comment-form eu deixei também um comentário versejado para te de presente!!!! Gostaria que se pudesse,avaliasse um poema que eu escrevi faz poucos dias em um blog de astronomia, quando eu ao ler um post tive uma inspiração e mandei ver nos versos, mas, gostaria de saber da opinião abalizada de vocês poetas amigos, se o mesmo está bom ou paguei mico em publicá-lo. Ele está nesse link.... http://confinsdouniverso.blogspot.com.br/2013/02/fases-da-lua.html na caixa dos comentários!!!! Desejo muita saúde, inspiração e sucessos mais de mil!!!! Muita paz e muita luz!!!! Um grande abraço!!!!!

6 de março de 2013 15:00
marquecomx disse...

Olá Multiplicador Valdir, felicidades para sua família!

Esse Valdir deve ser matemático, kkkkk, pois suas observações são de tal.

Educador, primeiro peço desculpas por não retribuir seus comentários ou responder os mesmos, não é má vontade, muito menos falta de atenção. Mais sim, falta de tempo.

Todo tempinho que me sombra, estou visitando outros multiplicadores (pois, posso ser jubilado, kkk), e também estou em busca de novos outros parceiros ou ainda, respondendo aqueles que chegam ao Educadores Multiplicadores e que querem participar, porém não segue as “regrinhas”. É muito trabalho e carece de bastante tempo!

Sua visita tanto ao EDUCADORES MULTIPLICADORES quanto ao MARQUECOMX é sempre gratificante, obrigado pela compreensão.

Irivan

12 de março de 2013 09:46
Francisco Valdir disse...

Olá, Multiplicador Mor... Irivan!!!!

Realmente, eu sou matemático e, continuo com a mania de quando era mais novo e era um aluno "chato"!!!! Fazia perguntas demais e era muito contestador, também metido a inventor!!!!
Abandonei a prática de versejar porque fui atraído pelo apelo científico, tendo a matemática como a eleita entre várias!!!!

Eu imaginei que o seu tempo para postar respostas aos comentários, era mesmo, muito limitado e não precisa se desculpar!!!!

Também quero que o movimento dos EM cresça e consiga chegar a bom termo nos seus objetivos e, claro, precisamos arranjarmos mais pessoas sintonizadas com a causa!!!! Mas, a julgar pelos desempenhos de números de associados e usando de interatividade com relação aos seus trabalhos, com postagens em seus veículos de comunicação e, compartilhando conhecimentos e ideias entre os membros, é certo que venceremos!!!!

Um abraço!!!!!

12 de março de 2013 21:36
nandarilha disse...

Nossa, muito bom relembrar a Escolinha do Professor Raimundo... quanta nostalgia!! Ainda essa semana fiquei sabendo que o programa está passando de segunda a sexta no Canal Viva, parece... quero assistir, pois é um humor saudável (ainda mais perto do que temos hoje na televisão).

22 de março de 2013 04:08
Francisco Valdir disse...

Olá, Nandarilha!!!!

Que bom, vê-la por aqui novamente!!!!

Eu não sou contra as mudanças, pois, a própria natureza não é estática com as suas criações e, a natureza humana, claro, segue o mesmo impulso de ser dinâmica em suas apresentações, como o que acontece com as suas tiradas de humor!!!! Eu sou que "questão de gosto... não se discute", mas, quando comparo o que se faz hoje em termos de programas de humor, com essas produções humorísticas do passado, pode ser a tal da "questão de gosto", digo que, porém, elejo o humor do passado, como o mais agradável, menos apelativo e mais criativo!!!! Acho que, nesse ponto concordamos e curtimos essa arte do riso!!!!

Obrigado, volte sempre e Vamos... que vamos, multiplicarmos os conhecimentos!!!!

Um abraço!!!!!

22 de março de 2013 06:01

Postar um comentário